Cordas e Lubrificação


 Hoje quero falar de lubrificação das cordas e também compartilhar ideias. Na época que eu estudava Jazz, convivia muito com guitarristas já experientes e com muitos calos nos dedos. Certa vez perguntei a um guitarrista como ele lubrificava as cordas, qual produto ele usava. Eu reparava que ele utilizava cordas muito grossas, e tocava por muito tempo e os dedos viajavam pelas cordas com grande facilidade.
Ao que ele me disse:
“Esfrego as pontas dos dedos nas laterais do nariz, onde acumula a oleosidade da pele.”
Confesso que na hora não coloquei  fé e achei muito doido isso. Até este dia eu tinha utilizado produtos próprios para isso como o Fast Fret. Mas desisti de usar por causa do preço, pouca durabilidade e também porque após meia hora tocando já começava a travar e tinha que passar mais uma vez nas cordas. Os produtos “próprios” para as cordas normalmente são sintéticos e secam, ou são óleos naturais que deixam a guitarra grudenta depois.
Depois de pegar a dica, comecei sempre a utilizar esta técnica. Quando começo a tocar lubrifico as cordas com a oleosidade da minha pele e toco por horas sem nenhum problema. Quando termino de tocar pego um papel toalha, aplico um pouco de WD-40 e passo nas cordas. Cordas limpas e que duram bastante!
Sei que algumas pessoas devem estar com um pouco de nojo de fazer isso. Mas vamos pensar…
A oleosidade natural da pele nada mais é que uma hidratação natural e sem odor que o corpo produz.
Basta lembrar que ela não está presente apenas no rosto. Está nas nossas mãos e em toda a parte do corpo. Diariamente pegamos objetos que ficam “contaminados” com este óleo e que por vezes colocamos até mesmo na nossa boca. Por isso não se preocupe. Limpe bem as cordas depois de tocar que fica tudo certo.
Para quem está preocupado com a oxidação das cordas, aqui vai a composição:
25% de ceras monoésteres, 41% triglicerídeos, 16% ácidos graxos livres e 12% esqualeno.

Como podem ver, não apresenta nenhuma substância que vá acabar com as cordas. O suor dos dedos é muito mais corrosivo. Como referi anteriormente, quando acabo de tocar, limpo as cordas com WD-40 que protege a corda justamente da oxidação. Para quem estiver preocupado em andar carregando uma lata de WD-40 para ensaios e shows, recomendo guardar um algodão molhado com o produto num potinho daqueles de Kinder-Ovo.

Fica a dica! =)

                                                                                                                   
Anúncios

O seu comentário aqui

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s