Morley Bad Horsie 2

topo

Um pedal não tão popular aqui no Brasil e complicadinho de encontrar. A Dunlop domina hoje o mercado de pedais Wah-Wah no mundo todo. A Morley é também uma marca muito tradicional e conta com um histórico longo de produtos. Hoje falo um pouco do exemplar Bad Horsie 2 desenvolvido com a direção do guitarrista Steve Vai. Eu estava a uns 5 anos ou mais para comprar finalmente um Wah-Wah para o meu set de pedais, mas sempre acabei investindo em outras prioridades. Pois bem, quando chegou a hora de escolher fiz uma ampla pesquisa e acabei optando pelo modelo Bad Horsie 2.

O principal motivo da escolha foi a robustez e a durabilidade destes pedais. O tempo de vida útil é enorme graças ao sistema óptico na parte de controle que dispensa potenciômetros e assim elimina por completo o problema de desgaste mecânico. Outra coisa que motivou a compra foi ter conhecido um guitarrista que se estapeava no Ebay pelos modelos PWB da década de 70:

pwb

Tive a oportunidade de ver e ouvir de perto um modelo antigo assim e senti que no futuro deveria ter um pedal com essa pegada. Já toquei com vários Cry Baby e gosto, mas sempre gostei da resposta mais gutural e agressiva que os pedais Morley dão. Foi bem por isso que o guitarrista Steve Vai encontrou na marca a solução para a sua proposta sonora que é no mínimo curiosa. A minha escolha no modelo foi baseada na versatilidade. O pedal possui duas opções de timbre com chaveamento por footswitch, e ainda conta com ajuste fino de Countour e Level:

morleyyy

Existem dois leds. Um que liga quando ativado o segundo modo, e um do outro lado que indica se o pedal está em Bypass ou não. Assim que você tira o pé do pedal, ele automaticamente entra em Bypass. Não é necessário pisar até o fim com força para desligar como em outros modelos. Existem vantagens e desvantagens. Quem não gosta de Bypass eletrônico vai achar ruim, mas os Dunlop também possuem um Bypass safado que precisa ser trocada a chave assim que você compra o pedal. A vantagem é a comodidade em desativar o Bypass. Com uma chave 3pdt e um furinho na caixa você resolve o problema sem grandes transtornos. Como uso uma quantidade pequena de pedais não senti necessidade na modificação. Entre os pedais com Bypass eletrônico este foi dos que menos senti alterações na sonoridade, ponto positivo.

Abri o pedal para conferir o trabalho:

DSC00425

O pedal é construído nos EUA mesmo. Bem por isso achei que duas coisas poderiam ser melhores. Primeiro, a chave que ativa o segundo modo poderia ser de mais qualidade. Estas chaves duram pouco e custam 1 dólar lá fora. Mas também não é algo que você vá utilizar tanto quanto uma chave para Bypass. Segundo, apesar de bem construído e sem nenhum fio sobrando, o pedal foi feito naquilo que considero o pior tipo de fenolite que existe. O normal já é super frágil, este então é tipo um papelão. O que atenua isso é a caixa, feita em chapa de aço a prova de tudo. Dá para sapatear em cima do pedal que ela não dobra. Vendo por esse lado até consigo perdoar a falha na placa. Muito cuidado para quem for algum dia soldar seja o que for nela. Qualquer coisa as trilhas vão pular!

Os pedais Dunlop saem de fábrica com metal injetado extremamente resistente e com placas em fibra de vidro. Tinha que falar, me desculpem. hehehe

O que a Morley esqueceu em acabamento, investiu pesado no desenvolvimento da sonoridade que é incrível. Não me arrependi da compra e espero no futuro testar outros modelos. Outro que já fica pendurado na lista é o de volume, que pode ser utilizado para controle de ganho em distorção também. Uma mão na roda!

Bora pro som:

Anúncios

O seu comentário aqui

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s