BOSS SD-1

Velho conhecido da galera, o pedal entrou no mercado em Fevereiro de 1981 para bater de frente com o então já famoso Ts-808. Na verdade a marca diz que este veio solucionar o problema da falta de controle de tone no OD-1 que já era o precursor deste tipo de overdrive em meados de 1977. Não consegui apurar quem chegou nessa fórmula primeiro, se a BOSS ou a Ibanez. Se alguém tiver a informação por favor comunique. O fato é que foi no final da década de 70 e foi tão bom que os efeitos duram até hoje sem grandes modificações nos circuitos e copiados por muitas marcas. Em 1988 a marca mudou a sua produção do Japão para Taiwan. Isso promoveu grandes mudanças e os pedais vieram para o mercado com outra qualidade. Há quem diga que os novos produzidos em Taiwan simplesmente não prestam. Não é bem assim. Não foi só a mudança de fábrica que afetou a produção. O tempo passou e os fornecedores mudaram também. As empresas infelizmente também são reféns da indústria que fabrica os componentes. Tanto os Ts-808 como os SD-1 sofreram com a interrupção na produção dos clássicos JRC4558 por décadas e a partir daí a coisa não foi mais a mesma. Hoje em dia voltaram a ser fabricados, mas não com a mesma qualidade de antes. O problema é sempre o mesmo. Existem boas diferenças entre os dois pedais. A principal que eu notei foi a utilização de capacitores Metal Foil nos SD-1 e Polyester nos Ts-808, além de alguns componentes de valores diferentes. Mas a alma dos dois é a mesma.
O exemplar que me chegou em mãos é de Março de 2007 e gostei bastante.

Para quem já abriu um pedal da BOSS não tem surpresa. A construção é profissional e o equipamento inspira confiança. Placa em fenolite, mas muito bem protegida pela caixa de metal. Ao contrário do BD-2 achei os potenciômetros com uma qualidade bem inferior e estão bem mais sujeitos a problemas de entrada de sujeira ou umidade.

O mesmo “problema” de todos os pedais da marca, assim como os Tube Screamers e afins, é o bypass eletrônico que sempre dá uma cortada no sinal. Existem mods como o do Keeley que resolvem isso. Para quem quer o pedal para a vida interia vale a pena esse tipo de investimento.
Circuito simples que já conta com um bypass com buffers em uma construção robusta e bem pensada.

Aqui uma foto retirada da internet da versão antiga feita no Japão:

Dá para ver bem as diferenças das novas versões. Os componentes feitos hoje em dia são diferentes. Capacitores, resistores, semicondutores. Especial atenção aos semicondutores que mudaram várias vezes de empresas e produção. Falei em outro post a real dos semicondutores produzidos hoje em dia que não cumprem em qualidade nem em especificação o que é colocado no datasheet. A maioria sofre de ganho muito baixo.
Conclusão:
Não tenho um dos antigos para comparar, mas sabendo o quanto as coisas mudaram não duvido que a mudança tenha sido drástica. Mesmo assim o pedal para o custo de aproximadamente 250 reais que possui no nosso país é um bom concorrente ao Ts-9. É claro que existem boas diferenças. O Ts-9 ainda acho mais pedal, tem um som mais aveludado. O SD-1 achei o som mais raspado e seco. Talvez da nova versão? Não sei, um dia tiro a dúvida.
No geral é um pedal muito bacana, versátil, vendido por um preço até justo para os costumes brasileiros de superfaturamento e com um rendimento acima da média. Vale a pena o mod no bypass e até um upgrade nos componentes. Existe a possibilidade de conversão para Ts-808 o que considero muito atraente. O tone dele achei que atua melhor que o problemático Tube Screamer e penso ser um baita ponto positivo.
Se não estivesse bem servido de overdrives comprava um fácil para ter colado no meu set.
Sample:

Anúncios

O seu comentário aqui

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s